Qual a importância do check-up anual e como realizá-lo?

4 minutos para ler

Os cuidados com a saúde, em épocas como a atual, requerem ainda mais atenção. Nesse contexto, é indispensável saber a importância do check-up anual e como realizá-lo, prevenindo doenças e encontrando mecanismos para manter uma vida ainda mais saudável.

A dificuldade é que muitas pessoas negligenciam a realização de exames do gênero. A consequência? Patologias e problemas que poderiam ser evitados, o que aumenta a necessidade de maiores cuidados.

Para abordar esse tema de forma simples e direta, trazemos um artigo completo que aborda qual a importância do check-up anual e como realizá-lo.

Acompanhe:

Check-up anual: por que é importante?

Basicamente, o check-up trata-se de uma bateria de exames que irão mostrar como estão funcionando os mais variados sistemas do organismo. Contudo, ele não é apenas um ‘escaneamento’ da sua atual condição: é importante por vários motivos.

Entre eles, podemos destacar:

– A prevenção de doenças, principalmente em pacientes assintomáticos, com os melhores métodos para que elas não progridam;

– Induz quais sistemas precisam de atenção, mesmo que não haja patologias, como a reposição muscular e/ou óssea, por exemplo;

– Registra seu histórico, ano a ano, da saúde, permitindo mapear e definir questões como alimentação, exercícios físicos e administração de medicamentos.

Qual o momento mais adequado para fazer check-up?

O recomendado é que a partir dos 30 anos as pessoas já tenham esse hábito. Contudo, isso vale para todas as idades, desde os bebês, passando por crianças, adolescentes e os ‘jovens adultos’. Ou seja, o momento mais adequado é ao longo da sua vida.

Obviamente, a partir da 3ª década de vida, especialmente dos 40 anos em diante, é quando surgem os maiores problemas. Mas não se acomode: doenças e problemas não têm idade, por isso realize sempre que for possível.

Em qual médico ir?

Como a medicina possui uma segmentação muito grande, o recomendado é passar por uma série de especialistas. Contudo, nem todos têm a condição financeira necessária. Felizmente, para isso, existem os clínicos gerais.

Eles identificam um panorama geral e, caso surja alguma situação específica, encaminham para seus colegas especialistas. Para as crianças, o recomendado é a procura por um pediatra.

Já em histórico de doenças familiares, pode-se priorizar por médicos especializados como um cardiologista ou neurologista, que concentram seus exames e atenções em uma região, órgão ou sistema específico.

Quais são os exames mais solicitados?

O medo de muitas pessoas em relação ao check-up anual se dá pelos exames que serão solicitados. Mas calma. A maioria é pouco ou quase nada invasiva, o que permite ir ao médico sem nenhum receio.

Os exames mais recomendados são:

Colesterol e glicemia, para identificar o nível de gordura e açúcar no sangue;

– Ultrassom, que são exames de imagens focados nos tecidos e órgãos da pessoa;

Eletrocardiograma, que busca dar um panorama geral sobre o sistema cardiovascular.

Contudo, há outros exames que devem ser ainda mais prioritários para homens e mulheres.

PSA, mamografia, Papanicolau e colorretal

Para complementar, vamos citar quatro dos exames que devem ser feitos com prioridade para quem realiza o check-up anual. Isso porque estamos falando de métodos que identificam os cânceres mais nocivos aos homens (próstata), às mulheres (mama) e a ambos (cólon e reto).

Por isso, é preciso que a população masculina realize o exame PSA (Antígeno Prostático Específico) contra o câncer de próstata, assim como a mamografia (para as mamas) e o Papanicolau (para detectar alterações nas células do colo do útero), para quem é do sexo feminino.

Ainda, exames de ordem colorretal também podem ser utilizados por ambos. Esses exames são muito importantes para a detecção precoce do câncer colorretal, os principais são a pesquisa de sangue oculto nas fezes, colonoscopia e retossigmoidoscopia.

Conhecendo a importância do check-up anual e como realizá-lo, faça agora mesmo a sua consulta com os clínicos-gerais da Clinipae e, tenha uma vida saudável, independentemente da sua idade!

Posts relacionados

Deixe um comentário